Argiloterapia: conheça os prós e contras do tratamento para limpar a pele

As argilas podem controlar a oleosidade da pele e ativar a circulação sanguínea, melhorando a celulite.
nativa2KIT ARGILOTERAPIA NATIVA SPA, de O Boticário

O que é argiloterapia_ Engloba os diversos tratamentos estéticos que usam argila dissolvida em bases como água, gel ou loções tônicas, para tratar a pele. Esse material orgânico é rico em oligoelementos, como o silício, que participa da reconstrução dos tecidos; o alumínio e zinco, que atuam na cicatrização; ferro, que produz energia e oxigênio para as células, entre outros. A terapia pode ser feita na pele e nos cabelos.

Indicações da argiloterapia_ A argila tem diversas propriedades: é antioxidante, secativa, adstringente, tensora, reconstrutora, antisséptica e desintoxicante. Por isso, ela pode ser usada para tratamento de acne, após a limpeza de pele, para melhorar celulite (pois ativa a circulação sanguínea), flacidez tissular e seborreia, entre outros usos. Elas podem ser aplicada no rosto, corpo e inclusive nos cabelos. No último caso, controla oleosidade e caspa do couro cabeludo. Cada cor de argila tem propriedades diferentes:

Argila branca_ Ela é rica em alumínio, zinco, potássio, silício, cálcio, ferro. Atua na pele, deixando-a mais macia, relaxada e hidratada. Não tem uma ação tensora forte, mas funciona bem em qualquer tipo de pele.

Argila rosa_ Ela age como um esfoliante, removendo células mortas da pele. Dessa forma, ela pode inclusive ajudar no tratamento de algumas manchas da pele, pois lesiona a pele e permite que ela se regenere.

Argila vermelha_ Com ação antiestresse, ela também é benéfica para a pele por ter ação secativa, hidratante e fortalecedora. Além disso, ela regula a microcirculação da pele e ajuda a reduzir os efeitos do envelhecimento.

Argila dourada_ Essa argila tem ação esfoliante e também de limpeza e purificação da pele, ao remover as células mortas. Além disso, ela é antioxidante, combatendo os efeitos dos radicais livres na pele, que podem ser produzidos por causa dos danos causados por diversos fatores, como cigarro, sol ou poluição. Ela também melhora a elasticidade da pele.

Argila amarela_ Mais indicada para peles oleosas, ela também atua na nutrição, purificação e hidratação, além de melhorar a elasticidade e assim combater o envelhecimento da pele. Ela também pode ser usada para esfoliação.

Argila verde_ Muito indicada para peles oleosas, por retirar parte da oleosidade da pele, como em um peeling natural.

Argila preta_ Rica em enxofre, ela tem ação anti-inflamatória, redutora do estresse, desintoxicante e adstringente. Por contribuir com a renovação celular da pele, ela ajuda a amenizar manchas na pele.

Argila roxa_ Seu nutriente mais destacado é o magnésio, que atua na produção de colágeno. Por isso mesmo, essa argila é capaz de deixar a pele mais lisa e firme, além de poder ser usada como esfoliante.

fonte: http://www.minhavida.com.br/beleza/tudo-sobre/17936-argiloterapia-conheca-os-pros-e-contras-do-tratamento-para-limpar-a-pele

Anúncios

8 efeitos inimagináveis do estresse

Quem nunca se estressou a ponto de querer ir embora do tranalho ou se afastar das pessoas simplesmente porque estava irritadíssimo com o mundo? Tudo bem, isso pode acontecer vez ou outra. No entanto, existem pessoas que ficam estressadas diariamente e que não conseguem levar uma vida tranquila de jeito nenhum. O que esses indivíduos não sabem é que o estresse não é prejudicial só ao seu humor, mas em diversas funções do organismo, como as oito que mostraremos a seguir:

1 – Perda de memória_ O estresse interfere negativamente nas nossas funções cognitivas, gerando perda de memória e de concentração, o que pode causar também uma queda na produtividade.

2 – Sistema imunológico mais vulnerável_ O estresse te deixa mais vulnerável a alguns tipos de doenças e resfriados, porque diminui as suas funções imunológicas – o que pode ser especialmente prejudicial durante o inverno, já que as chances de pegar uma gripe forte ficam ainda maiores.

3 – Pessoas menos atraentes_ Uma pesquisa revelou que homens e mulheres enxergam pessoas muito estressadas como sendo menos atraentes do que pessoas tranquilas.

4 – Insatisfação sexual_ O estresse pode interferir na qualidade da sua vida sexual, tanto fazendo com que você perca o desejo, quanto diminuindo a satisfação que você normalmente teria numa relação.

5 – Aparência_ Você pode comprar todos os cremes rejuvenescedores que quiser, mas se for uma pessoa extremamente estressada, acabará envelhecendo mais rápido do que gostaria, porque o estresse pode fazer com que as suas células envelheçam mais rápido.

6 – Hormônios_ Especialmente nas mulheres, o estresse pode causar um enorme desequilíbrio hormonal: o estrogênio e a progesterona têm as suas produções diminuídas durante períodos de estresse e o cortisol aumenta. Assim, os humores e a disposição sexual são afetados. Estudos indicam que o estresse pode aumentar o acne, gerando, em casos mais graves, até mesmo psoríases, que são inflamações crônicas da pele.

7 – Distúrbios do sono_ O estresse pode aumentar sua insônia. Se ele estiver sendo causado por problemas pessoais passageiros, como um período de adaptação ou a morte de alguém querido, esse sintoma se afastará com o tempo, entretanto, se for causado por uma condição permanente, poderá causar problemas futuros.

8 – Ganho de peso_ Achou que para se livrar dos quilinhos extra você só tinha que malhar e ter uma alimentação saudável? Errado: o estresse pode fazer com que você engorde, já que ele estimula a produção de cortisol que, por sua vez, pode causar a expansão de células de gordura.

 

fonte: http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2014/01/29/1078418/conheca-os-8-efeitos-inimaginaveis-do-estresse.html

É verdade que os cravos na nossa pele são aracnídeos?

Na verdade os cravos são poros entupidos de gordura (sebo). A nossa pele é recoberta por uma proteína que protege contra o ressecamento, chamada queratina. Ás vezes a queratina produzida atrapalha a saída dos poros, o que pode ser agravado como uso de produtos de beleza muito gordurosos. A pontinha preta do cravo é resultado da reação de oxidação de uma quantidade grande da proteína com o oxigênio do ar. Mesmo com o poro fechado a glândula sebácea continua produzindo gordura, ela então vai se acumulando no poro formando o cravo.

11

Mas essa história do aracnídeo não é um mito. Ela tem um fundo de verdade! O que acontece é que algumas bactérias, como a Propionobacterium acne, e o ácaro Demodex folliculorum, se aproveitam do entupimento dos poros para fazer dali um ambiente ideal para procriar. Esse ácaro, como todo aracnídeo, tem 8 perninhas sim, mas é muitíssimo pequeno. A presença desse bichinho é mais comum no folículo piloso, onde ele pode viver de 14 a 18 dias e colocar até 25 ovos em um único folículo. Para nosso desespero o local mais comum para o Demodex viver é na superfície do canal do ouvido, onde podem viver populações desses pequenos seres, mas eles podem viver em qualquer folículo piloso, inclusive nos pelos do rosto.

12

A relação entre o Demodex e o cravo não é necessária. Podemos ter a pele infestada desses pequenos animais, mesmo sem ter cravos e existem pessoas com cravos que não possuem esses ácaros na pele. Mas com ajuda de bactérias a presença do Demodex nos poros entupidos pode causar uma infecção e o agravamento de um cravo, o que causa uma reação do organismo resultando em uma espinha.

13Eles podem viver principalmente associados aos folículos pilosos. Nessa imagem estão representados na cor.

fonte: http://diariodebiologia.com/2011/10/e-verdade-que-os-cravos-na-nossa-pele-sao-aracnideos/#.Um4_lXA3v4U

Tônico: a importância do produto na rotina de cuidados com a pele

3

Os cuidados com a pele são sempre os mesmos: limpar, tonificar e hidratar. Mas muitas mulheres acabam pulando a segunda etapa da limpeza facial por não entenderem a real função e os inúmeros benefícios para seu rosto. “Tonificar a pele é muito importante e traz muito mais benefícios do que imaginamos”, afirma a esteticista Claudia Vianna. A loção deve ser aplicada logo após a limpeza mais profunda, feita com água e sabonete específico.

Tônico evita a oleosidade e a obstrução dos poros

A loção tonificadora tem como principal função reestabelecer o ph da pele, que pode ser facilmente alterado devido à poluição, maquiagem e sabonetes. O tônico evita que os poros fiquem obstruídos, auxiliando na penetração de cremes de tratamento. O produto ajuda ainda na micro-circulação na superfície da pele, suavizando e acalmando após a limpeza.

“O tônico ajuda a equilibrar o pH da pele, retirar restos de maquiagem e de sujeira que não saíram com sabonete. Dependendo da fórmula eles podem hidratar, controlar oleosidade e ainda dar tônus e viço à pele”, afirmou a dermatologista Jomara Estefanelli.

Passe o tônico logo após a limpeza

A rotina diária de beleza deve começar com a limpeza da pele. “Se estiver com maquiagem, retire-a com demaquilante e lave o rosto com sabonete neutro ou um específico para sua pele”, indicou Claudia Vianna. Em seguida, umedeça um disco de algodão com o tônico facial e aplique no rosto. A esteticista do Studio de Beleza Sonia Nesi alerta ainda para a importância de passar o produto suavemente: “nunca esfregue para não machucar o rosto.”A terceira etapa da rotina de beleza é a hidratação facial com produtos de acordo com o seu tipo de pele. Finalize a pele com a aplicação de protetor solar.

Assim como os demais produtos para tratamento do rosto, as fórmulas dos tônicos são distintas para cada tipo de pele. Quem sofre com a oleosidade, por exemplo, deve apostar nos adstringentes, que vão ajudar a conter a produção de óleo e evitar acnes. Os produtos com álcool, no entanto, não devem ser usados por quem tem pele sensível ou esteja aplicando algum ácido. “Dependendo da composição, os tônicos vão ter diferentes funções: hidratar, matificar e acalmar a pele, além de ter ação antioxidante e atuar como coadjuvante no tratamento da acne, entre outras. Não existe uma fórmula única. O ideal é pedir ajuda a seu dermatologista”, alertou Jomara, do Instituto da Pelle.

fonte: http://www.belezaextraordinaria.com.br

A importância da limpeza de pele

acne

A pele é o nosso maior órgão, uma barreira fina e impermeável que protege os raios UV, poluição e mudanças climáticas. Também elimina toxinas, regula a temperatura do corpo e distribui oxigênio e nutrientes. Por isso, cuidar da pele corretamente é fundamental. A importância da limpeza da pele não se resume à remoção de cravos e espinhas. Ela elimina a sujeira, controla o excesso de oleosidade, afina o extrato córneo, proporciona maior permeabilidade cutânea e retira o acúmulo de células mortas da camada córnea, o que favorece a hidratação e, consequentemente, previne o envelhecimento, além de deixar a pele saudável, com aparência mais jovem e limpa.
As Limpezas de Pele podem ser de dois tipos: superficial e profunda.
Superficial_ É a limpeza de pele feita com sabonetes específicos que deve ser feita diariamente.
Profunda_ É realizada pelo profissional esteticista.

Antes de iniciar qualquer limpeza de pele, tratamento ou uso de cosméticos, é essencial que se tenha conhecimento do tipo de pele, pois as reações podem ocorrer, diferentemente, dependendo de cada tipo de pele. Pessoas com pele sensível ou alérgica, devem ter mais cuidado e evitar produtos que causam reações e realizar a trocar por outros. Para cada tipo de pele usa-se um determinado produto. As limpezas de pele normalmente seguem as seguintes etapas:
1) Higienização;
2) Afinamento cutâneo;
3) Tonificação;
4) Emoliência;
5) Extração;
6) Loção anti-séptica;
7) Utilização alta frequência;
8) Aplicação de gel calmante;
9) Máscara adstringente/hidratante;
10) Filtro solar à base de gel.

O profissional deve fazer avaliação minuciosa antes de iniciar o procedimento. O maior cuidado com a limpeza de pele no verão é o sol. Após a limpeza de pele, evitar se expor ao sol por 48h, mesmo com Fator de Proteção Solar (FPS). Após a limpeza de pele usar FPS de 45 a 60 a cada 4h no rosto. Ter o cuidado de escolher o FPS para cada tipo de pele: oleosa, mista, acneica ou sensível. O prazo para a limpeza de pele, também deve obedecer ao tipo de pele: pele acneica a cada 20 dias, pele oleosa 30 dias, peles mistas de 45 a 60 dias. A pele com ACNE requer maior paciência, persistência e disciplina no tratamento, pois, embora atinja também adultos, seus alvos prediletos são adolescentes, na fase da puberdade e o tratamento depende da forma da acne, sua intensidade e tipo de pele. Após o dermatologista ter diagnosticado o tipo de acne, ele prescreverá o tratamento e, com certeza, entre neste, uma limpeza de pele feita por um(a) esteticista.

O trabalho do(a) esteticista é manter o controle da proliferação de bactérias por acnes e o pH da pele saudável, não permitindo que resseque ou desidrate a pele. A retirada de comedões (cravos) é essencial no controle da acne, pois sua ausência inibe a ação da bactéria. Para manter por mais tempo a limpeza de pele que foi feita em cabine de estética, garantindo uma pele bem cuidada, é necessário que, duas vezes ao dia (manhã e noite), sejam reservados alguns minutos para realizar os cuidados básicos de beleza, que são: higienizar, tonificar, hidratar/nutrir e proteger. Além da limpeza de
pele caseira, com uso de sabonetes específicos e máscaras faciais dependendo do tipo de pele. O profissional poderá indicar o uso das mesmas.

fonte: http://www.revistasaudeinterativa.com.br/artigos/ed47/limpezasdepele-sorayaguex.pdf